The home of Eurovision lyrics

Song Information
Music: Jorge Fernando
Lyrics: Jorge Fernando

Porque é triste o sorrir
Em teu rosto discreto
Cai o pano sobre o teu olhar inquieto

Há uma névoa que insiste
Que teima em escurecer-te
Insistente, prende a sombra fria
Qual cinzento dia

Ao teu olhar, como um véu que se alinha
P’ra te cegar, negro céu se avizinha

Já te disse uma vez
As palavras não bastam
Foge a vida, quando as nossas dores se arrastam

Vou dizer-te outra vez
Vou mostrar-te o sentido
Proibido, se o sinal se fecha
Aproveita a deixa

Ao teu olhar, como um véu que se alinha
P’ra te cegar, negro céu se avizinha

Ao teu olhar, como um véu que se alinha
P’ra te cegar, negro céu se avizinha
Ao teu olhar, como um véu que se alinha
P’ra te cegar, negro céu se avizinha

Já te disse uma vez

Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Visitors from around the world

free counters