The home of Eurovision lyrics

zana_lead

Song Information
Music: Jan Van Dijck
Lyrics: Paulo Abreu Lima

Teu corpo de linho
É só o que desejo
E do vento norte parece um sonho azul
Nas asas da sorte vou voando mais para sul

Nas obras do vinho
Que bebi de um beijo
E do teu corpo que dançava sobre mim
Foi maré sem porto das paixões que não tem fim

Bati asas sem ter asas mas certezas de voar
Neste sopro do vento, relógios sem tempos dos amores por conquistar
Bebo a vida, bebo vinho, bebo a tua companhia
Ao compasso de um beijo desse eterno desejo de dançar até ser dia

Nas obras do vinho
Que bebi de um beijo
E do teu corpo que dançava sobre mim
Foi maré sem porto das paixões que não tem fim

Bati asas sem ter asas mas certezas de voar
Neste sopro do vento, relógios sem tempos dos amores por conquistar
Bebo a vida, bebo vinho, bebo a tua companhia
Ao compasso de um beijo desse eterno desejo de dançar até ser dia

Teu corpo de linho é só o que desejo
Nas obras do vinho que bebi de um beijo

(Bati asas sem ter asas mas certezas de voar)
Neste sopro do vento, relógios sem tempos dos amores por conquistar
(Bebo a vida, bebo vinho) Bebo a vida, bebo a tua companhia
Ao compasso de um beijo desse eterno desejo de dançar até ser dia

(Bati asas sem ter asas mas certezas de voar)
Neste sopro do vento, relógios sem tempos dos amores por conquistar
Bebo a vida, bebo vinho, bebo a tua companhia
Ao compasso de um beijo desse eterno desejo de dançar até ser dia

Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Visitors from around the world

free counters