The home of Eurovision lyrics

Song Information
Music: João Balucio
Lyrics: José Fanha

Eu sou quem vive p’ra chegar e p’ra partir
Sou a guitarra que me envolve e que me chama
Sou fogo a arder entre lençóis de alguma cama
A sombra breve de um desejo por cumprir

Eu sou a lua aos tropeções no céu azul
Sou a vertigem, o galope da miragem
A boca seca de quem parte de viagem
Consigo é um coração virado ao sul

Eu sou saudade um barco sedento
Da fúria do vento no longe do mar
Eu sou saudade lembrança de um tempo
Marujo, guerreiro, um sonho que nasceu do nevoeiro
E me levar a voar no longe do mar

Eu sou a lua aos tropeções no céu azul
E vi-te ao mar no mar sem fim de uma seara
E chega a casa ao fim do dia
E limpa a cara a uma toalha
Que ainda está por inventar

Eu sou saudade um barco sedento
Da fúria do vento no longe do mar
Eu sou saudade lembrança de um tempo
Marujo, guerreiro, um sonho que nasceu do nevoeiro
E me levar a voar no longe do mar

Eu sou saudade lembrança de um tempo
Marujo, guerreiro, um sonho que nasceu do nevoeiro
E me levar a voar no longe do mar

Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Visitors from around the world

free counters