The home of Eurovision lyrics

Song Information
Music: Rui Videira
Lyrics: Rui Videira

No meio desta multidão de palavras e de sons
Existe uma tentação e a culpa é minha
Não sei se o diga agora ou não, deito a mão no coração
Parece que se vai romper e a culpa é minha

És tu que me fazes ficar mesmo de pernas para o ar
A criar algo para cantar e a culpa é minha

É um sopro que sufoca o meu olhar
Ele raspa em mim, no maior silêncio
É uma chama a consumir-se devagar
Não há nada assim mais forte que o vento

Não sei como o evitar
Sei que ele é só meu e de mais ninguém
Vai durar até ao fim
E vai mais além deus queira que sim

Sei que vai permanecer
Nunca mais o vou esquecer

É um sopro que sufoca o meu olhar
Ele raspa em mim, no maior silêncio
É uma chama a consumir-se devagar
Não há nada assim mais forte que o vento

É uma chama a consumir-se devagar
Não há nada assim mais forte que o vento

Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Visitors from around the world

free counters