The home of Eurovision lyrics

Song Information
Music: Mário Ceia
Lyrics: Mário Ceia

Pus-me de parte sem jeito e sem arte
A ver o que passa mas só para ver
Ventos e mundos em negros de fumo
De corpos a arder de gente sem rumo

Não fosse as matreiras com vidas inúteis
Medalhas no peito de glórias bem fúteis

Mais olhos que barriga mais caras que bois
Sentir mal para eles mais um dia ou dois
Copos e truques maneiras polidas

Pessoas asquerosas
Pessoas mesquinhas e atrapalhadinhas
Pouco de luxo, de lixo e repuxo
Muito pedante de farta constante

Cartolas baixotes e grandes fatiotas
Porcos bem cheios de farta bolota

Mais olhos que barriga mais caras que bois
Sentir males p’ra eles mais um dia ou dois
De falinhas mansas, de pessoas tansas

Mais olhos que barriga mais caras que bois
Sentir males p’ra eles mais um dia ou dois
De falinhas mansas, de pessoas tansas

Pus-me de parte sem jeito e sem arte
Pus-me de parte mas só para ver
Pus-me de parte sem jeito e sem arte
Mas quero viver

Pus-me de parte sem jeito e sem arte
Pus-me de parte mas só para ver
Pus-me de parte sem jeito e sem arte
Mas quero viver

Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Visitors from around the world

free counters