The home of Eurovision lyrics

Song Information
Music: Carlos Canelhas
Lyrics: Amália Fonseca

Tu que cantas as estrelas
E viajas com elas num céu que é todo teu
Tu poeta deserdado
Dom Quixote inventado num sonho que é só meu

Canta o som das madrugadas
E as noites paradas com lençóis de luar
Canta a vida é tão pequena
Sofrer não vale a pena, vale a pena cantar

Tu irmão da soledade
Que procuras a verdade sem nunca a encontrar
E tu que rasgas teu caminho
E o trilhas sozinho num mundo por achar

Canta o som das madrugadas
E as noites paradas com lençóis de luar
Canta a vida é tão pequena
Sofrer não vale a pena, vale a pena cantar

Sofrer não vale a pena, vale a pena cantar

Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Visitors from around the world

free counters