The home of Eurovision lyrics

Song Information
Music: Paulo Abreu de Lima
Lyrics: Paulo Abreu de Lima

Pode ser de chuva uma manhã de verão
Ou cinzenta a tarde que guardamos p’ra lembrar
Pode ser sem cor uma flor que te quis dar
O amor é que não…
O amor é que não…

Pode ser de prata o fio que te prometi
Ou mesmo de lata, meu amor não consegui
És o meu tesouro como a musa de Dali
O ouro é sucata quando estou perto de ti

Lua , lua, lua, lua, lua sem luar
Como esses teus olhos que deixaram de brilhar
Lua, lua, lua, lua, lua sem luar
E o jeito sem jeito das coisas por acabar

Pode ser miragem o verde deste deserto
Castelos d’areia no meio de vendavais
Oásis ao longe que parecem sempre perto
Por querer demais…
Por querer demais…

Estreitas as margens, são maiores os desafios
Orgasmos de rios que s’espraiam pela foz
Segredos dos búzios que traduzem nossa voz
Vamos meu amor recomeçar…

Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Visitors from around the world

free counters