The home of Eurovision lyrics

Song Information
Music: Fernando Ribeiro
Lyrics: Carlos Freitas

O mar, o vento e as estrelas
Fartos de nada fazer
Tentaram guiar os homens
Dar a Terra a conhecer

Poderiam descobrir
Oceanos continentes
Mas teriam de enfrentar
O mundo e os seus tormentos

E os homens não eram loucos
Para terras desconhecidas
Recusaram embarcar
Em viagens suicidas

Foi então que Dom Henrique
Homem de grande valor
Aceitou o desafio sem temor

O mar vai ser a estrada
Para as terras que demando
E tu vento diz-me a rota
Das caravelas que mando

As estrelas o sol e a lua
Serviram para nos guiar
E a terra que hoje é escura
Vai ficar azul do mar

E os homens não eram loucos
Para terras desconhecidas
Recusaram embarcar
Em viagens suicidas

Foi então que Dom Henrique
Homem de grande valor
Aceitou o desafio sem temor

O mar, o vento e as estrelas
Faros de nada fazer
Tentaram guiar os homens
Dar aterra a conhecer

Poderiam descobrir
Oceanos continentes
Mas teriam de enfrentar
O mundo e os seus tormentos

E os homens não eram loucos
Para terras desconhecidas
Recusaram embarcar
Em viagens suicidas

Foi então que Dom Henrique
Homem de grande valor
Aceitou o desafio

E os homens não eram loucos
Para terras desconhecidas
Recusaram embarcar
Em viagens suicidas

Foi então que Dom Henrique
Homem de grande valor
Aceitou o desafio

E os homens não eram loucos
Para terras desconhecidas
Recusaram embarcar
Em viagens suicidas

Foi então que Dom Henrique
Homem de grande valor
Aceitou o desafio sem temor
Sem temor sem temor

Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Visitors from around the world

free counters