The home of Eurovision lyrics

marie-myriam_lead

Song Information
Music: Jean-Paul Cara
Lyrics: Vasco de Lima Couto
Other versions
French English
German Spanish
Portuguese

Como a criança com olhos rasgados
Que solta a ave e inventa a canção
Ou como o azul duma ave em seu voo
O mundo é lindo, o mundo é bom

É lindo o barco que dança nas vagas
Molhando a vida no amor e no vento
E que abre ruas de espuma na areia
Guardando um búzio naquele momento

Momento chave na voz do poeta
A respirar nos jardins da alegria
Porque transforma a noite que vende
No desenhado calor do seu dia

Dia crescendo sem forma de mágoa
Porque é o sonho nos olhos em flor
Onde as manhãs que espreitam a água
Matam a sede que temos do amor

O amor é o sol que se adivinha
A ave é o céu e a infância é minha

Eu não sou mais que uma sombra indecisa
Que vê brilhar uma estrela no escuro
E pede ao brilho essa luz que transforma
Toda a razão do amor que procuro

E o que procuro, essa paz nesta guerra
E nossa lenha nas tristes fogueiras
E o que eu procuro é dar às crianças
Jardins de sol na cor das fronteiras

Como a criança com olhos rasgados
Que solta a ave no campo mais fundo
Ou como o azul da ave em seu voo
Somos a paz e o amor do mundo

O amor é o sol que se adivinha
A ave é o céu e a infância é minha

O amor é o sol que se adivinha
A ave é o céu e a infância é minha

Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Visitors from around the world

free counters